terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Cultive Crotalária e Ajude a Combater o Aedes Aegypti


Leguminosa que se desenvolve muito rápido, podendo atingir a altura de 1 metro em apenas 4 meses, dependendo da qualidade do solo em que foi plantada. A Crotalária é muito popular no estado do Nordeste. Lá ela é conhecida como xiquexique e é respeitada por aguentar a seca e promover o controle de vermes que atacam o solo. A planta também serve como adubo, pois ela fixa nitrogênio no solo, promovendo uma reciclagem de nutrientes. Com todas estas qualidades, esta planta de nome exótico ainda tem sido uma guerreira contra o maior vilão da atualidade: o mosquito Aedes Aegypti.

A Crotalária, na verdade, age como aliada na prevenção contra dengue, chikungunya e zika pois ela atrai a Libélula, um inseto voador que poe seus ovos em águas limpas e paradas (como o Aedes). As larvas da Libélula se alimentam das larvas do Aedes. A Libélula adulta também ajuda a diminuir a proliferação do Aedes Aegypti, pois se alimenta de mosquitos.

Em Sinop a Prefeitura Municipal, além do trabalho de fiscalização e cuidados básicos, tem distribuído sementes de Crotalária através dos agentes de saúde. A ideia surgiu na cidade de Sorriso e está sendo adotada em outras cidades e Estados.

Junto com as sementes, vem um papelzinho explicando de forma simples como se faz o plantio.

Vamos juntos colaborar para erradicação desta doença tão perigosa, que tem tirado a saúde, o sossego e a vida de muitas pessoas. Basta jogar diretamente na terra. Faça um buraquinho, coloque 3 a 4 sementes, cubra com terra e espere germinar. Vou plantar as minhas em vasos, e distribuir nos quatro cantos da casa.