quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Cultivo do Anador

O Anador é uma planta medicinal utilizada contra dores de cabeça, dores de estômago, febres e vômitos.
Também é indicada para tratamento de afecções nervosas, aftas, cortes e feridas, fígado, gota, insônia e problemas relacionados as vias respiratórias.* Em doses elevadas tem efeito alucinógeno, pois contém uma substância chamada DMT que causa este efeito colateral. Também contém cumarina, um tipo de coagulante.
É uma planta fácil de se cultivar. É natural do Caribe e se adaptou muito bem na América do Sul. Suas folhas apresentam coloração amarelada quando exposta ao sol e verde musgo quando cultivada na sombra.

Cultivo:

Escolha uma planta adulta, como a da foto. Puxe alguns de seus ramos com cuidado para que sejam arrancados com a raiz. Transplante esta nova muda para vaso médio, com boa drenagem. Deixe em local com boa luminosidade. 

Também pode ser reproduzido por estacas, fincando seus galhos diretamente na terra, ou por hidroponia, colocando seus ramos na água para enraizar antes de ser plantada.

Esta planta cresce bastante, devendo ser podada quando os ramos se tornarem pesados.

Receita de Chá de Anador
(Para ação anti inflamatória e analgésica)

Amasse 5 colheres de chá de folhas de anador e junte 1 xícara de água quente. Abafe com um pano ou tampa por 10 minutos e está pronto para o uso.

Modo de Administrar


  • 3 a 7 anos: 35 ml do chá 2 a 3 vezes ao dia*
  • 7 a 12 anos: 75 ml do chá 2 a 3 vezes ao dia*
  • Maiores de 70 anos: 75 ml do chá 2 a 3 vezes ao dia*

As administrações de chá de anador somente devem ser feitas através da indicação de um médico. Esta planta é contra indicada para pessoas com problemas de coagulação ou que estejam utilizando anticoagulantes ou analgésicos.

*Todo medicamento fitoterápico (chá, infusão, cataplasma...) só deve ser utilizado através de orientação médica.