sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Musgo e Limo na Horta

Os vasos de barro são os mais indicados para o cultivo de plantas. Eles mantém a terra úmida e fresca por mais tempo do que um vaso de plástico ou cimento. Cachepôs de madeira também são uma boa opção, mas este material se deteriora com mais rapidez e, se não for bem impermeabilizado, aumenta as chances de infestação de pragas como o cupim. Os vasos de plástico, em clima muito quente como é no MT, não é uma boa opção, pois apesar de serem os mais baratos, são também os mais frágeis. Em exposição direta do sol os vasos de plástico podem esquentar demais seu interior e prejudicar as raízes da planta. Eles também racham com certa facilidade.
Hoje é tido como charmosos os vasos de barro com aspecto envelhecido. Há quem pague mais caro em vasos manchados por limo verde. Na moda ou não, para mim eles trazem um aspecto de relaxo, principalmente na horta, onde as plantas são para consumo. Então, quando meus vasos de barro começam a criar musgo ou limo, faço uma limpeza que não demora nada e ainda serve para repelir alguns tipos de insetos.

Antes e depois de limpeza de vaso e ajuste de planta na estaca
Para tirar as manchas verdes de limo do seu vaso barro, esfregue-o com uma escovinha, água e sabão. As manchas sairão facilmente. Aproveite e enxague com uma mistura de água e sal, isto evitará que caracóis ou lesmas de horta escalem os vasos.

Aproveitei que estava mexendo no vaso e ajustei o manjericão na estaca. Observe a diferença. Com o apoio da estaca de bambu as folhas não tocam a terra, e a plantinha cresce direcionada.

Dica: A maioria dos vasos que encontramos no mercado não vêm impermeabilizados. Sempre que for comprar seu vaso de argila pergunte ao vendedor se ele já está impermeabilizado. Caso não esteja, e você gostou do modelo, você pode fazer o processo em casa, com duas demão de Vedatop ou Neutrol, que encontrará em lojas de material para construção.