segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Animais Benéficos a Horta

É muito comum falarmos de pragas, controle, eliminação... Parece que tudo o que é vivo e se aproxima da horta é um vilão. Mas não é bem assim, algumas espécies de bichinhos são grandes colaboradores para o bom desenvolvimento da sua horta. Eis uma pequena lista de animais que ajudam a manter o controle biológico da sua pequena plantação:

Abelha

Sem a ajuda das abelhas, seus tomateiros não produziriam frutos tão saborosos, nem seu manjericão chegaria ao auge do sabor. Elas são responsáveis pela polinização e sua presença na horta quer dizer que há diversidade e que as flores e consequentemente os frutos vão se multiplicar.

Joaninha

Além de ser um inseto muito fofo, a joaninha ajuda a combater os pulgões na horta. Ela também se alimenta de ácaros, larvas e pequenas lagartas. Uma ajuda e tanto.

Aranha

Há quem veja uma aranha e já corre para pegar um chinelo. Antes de eliminá-las, saiba que a aranha é o maior predador de animais nocivos a horta. Ela come todo tipo de insetos e pestes da horta, e sua fome é insaciável. 

Minhoca

Já falei sobre a minhoca em vários tópicos do blog. Isso porque ela é assunto de horta, não tem como evitar. Ela cava túneis que garantem a boa drenagem do solo, levando mais oxigênio e umidade as raízes e produzem o húmus, adubo essencial para o fortalecimento do solo.

Percevejo

Devoram as temíveis formigas. Onde há percevejo, elas nem ousam passar perto. Sentem o cheiro do perigo de longe.

Libélula

Apesar de sua aparência frágil, a libélula come sem parar. Devora uma infinidade de insetos e larvas. Hoje é uma das principais controladoras do Aedes Aegypti, pois devoram suas larvas e mosquitos. Aranhas devoram libélulas, então é preciso colocar na balança qual animalzinho é o mais importante para a saúde da horta e da casa.

Na hora do controle de insetos, lembre-se que é sempre bom ter um pouco de bichinhos benéficos como os citados neste tópico. Eles fazem tão bem as plantações que evitam ou diminuem em grande escala o uso de repelentes para pragas.