sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Plantando Pimenta

Eu amo pimenta. Não uso muito em receitas, mas acho tão lindas. Elas realmente enfeitam uma horta. E o mais legal é que são super fáceis de pegar. Na verdade, sem cuidados ela pode se tornar uma praga, pois onde caem sementes, nascem novas mudinhas.

Como não sou muito consumista de pimenta, confesso que cultivo apenas pela estética mesmo. Então escolho pela cor e formato, as que acho mais delicadas. Esta semana presenteei meus amigos com mudinhas de pimenta que sobraram no desbaste.

A pimenta pode ser de tempero ou ornamental. Então quando for comprar pimentas na floricultura, pergunte ao vendedor quais que servem ao seu propósito. As mais conhecidas são a malagueta, dedo de moça, pimenta de bode ou bodinho e pimenta de cheiro.

A calda da pimenta também age como repelente para alguns insetos. Veja no post Repelente Caseiro de Insetos para Hortaliças.

Se você já tem uma pimenteira produzindo, obterá muitas mudas através desta única planta, e sem nenhum esforço.

Quando os frutos amadurecem e não são colhidos, eles murcham e caem no solo, em pouco tempo nascerão várias mudinhas no local. Então seu trabalho consistirá em esperar que as mudas atinjam 4 a 5 folhas e pode começar o transplante para outro local.

Caso resolva acelerar o processo, ou plantar as sementes em outro ambiente, escolha uma pimenta que já amadureceu e murchou. Parta-a ao meio e semeie as sementinhas no local que deseja novas mudas. Não esqueça de usar luvas (como eu fiz) ou lave bem as mãos antes de passá-la perto da boca ou olhos