sábado, 6 de fevereiro de 2016

Poejo

O poejo, também conhecido como hortelãzinho é uma planta medicinal utilizada para tratamento de resfriados, gripe, coriza, catarro, asma, vermes intestinais, crise nervosa, reumatismo, cólicas menstruais, indigestão.*Consumido em excesso pode causar palpitações e aborto. Apesar de ser muito utilizado como chazinho para bebês, o chá de poejo não é indicado para crianças menores de 12 anos.

É uma planta rasteira, que se alastra rapidamente, crescendo desordenadamente. Possui pequenos caules muito ramificados. Suas raízes são finas e o ideal é que o poejo não seja plantado junto com outra espécie. O poejo necessita de sol pleno, mas solo úmido. Então é uma planta que fica mais bonita em épocas de chuva, com intervalos de chuva e sol. Na época da seca é preciso regar o poejo no mínimo 2 vezes ao dia.

Faço a reprodução do poejo da seguinte forma:
Enraizamento de poejo na água

No final do dia, quando a temperatura está bem amena, rego a planta mãe e corto com uma tesoura vários de seus ramos.
Elimino as folhas mortas e ramos secos ou enegrecidos.
Lavo os ramos saudáveis e coloco em um pode de vidro com água. Deixando 3 dedos de seu caule submergidos na água.
Quando começam a aparecer as primeiras raízes eu planto em terra adubada e reservo na sombra.

Você verá que a muda "pegou" quando ela não murchar mais, o que leva uns 3 ou 4 dias. Depois desta fase pode levar para lugar definitivo, ao sol.

O poejo é uma boa planta para se plantar em hortas verticais ou em vasos altos. Em vasos baixos ele procura o chão para se arrastar, e precisa ser podado com mais regularidade.
Poejo necessitando de poda
*Todo medicamento fitoterápico (chá, infusão, cataplasma...) só deve ser utilizado através de orientação médica.