quinta-feira, 14 de abril de 2016

Tomate Rasteiro: Como Deixar o Tomateiro Sempre Baixinho

É muito bom ter tomates a mão. O cultivo do tomateiro não é complicado e quando surgem os frutos é uma satisfação para o hortelão. 
O tomate mais indicado para hortas pequenas é o tomatinho cereja, aquele pequenininho, muito usado em saladas. O problema é que se não for podado com regularidade, o tomateiro cresce muito, e então a questão do espaço pode sim ser um problema. 

Mas há uma forma de se plantar tomateiros de forma que a planta fique mais baixa: plantando-os deitados, diretamente no chão ou em bacias.

O legal desta prática é que você economizará espaço e terá frutos mais fortes e em maior quantidade, porque a técnica faz com que a planta produza mais raízes.

Vamos lá, para plantar o tomateiro deitado, você precisará dos seguintes materiais: muda de tomateiro
sem frutos, vaso comprido e raso (bacia ou floreira), terra.

Postei esta foto do meu tomateiro para vocês terem uma noção de como deve ser o processo de preparo da muda.

Escolha uma muda de tomateiro semelhante a esta, mas sem frutos. Retire todos os galhos extras, deixando apenas um único caule, com três ou quatro folhas no topo.

Prepare a bacia ou floreira com terra adubada, e coloque o tomateiro deitado sobre a terra com os "ferimentos" causados pela poda dos galhos extras virados para baixo. Cubra o caule com terra, deixando apenas 2 dedos abaixo das folhas sem enterrar.

Regue todos os dias, cuidando para deixar o solo úmido mas não encharcado. Evite molhar as folhas (você pode escorá-las em um palito, para não encostarem no solo).
Esta foto do hortazen.com.br explica bem como deverá ficar.

O que ocorrerá com o passar das semanas é o seguinte: No lugar onde foram retirados os galhos extras, surgirão raízes, desta forma, utilizando esta técnica, o tomateiro terá muito mais raízes do que os que são plantados na vertical. Uma planta com mais raízes é mais forte e produz frutos mais saudáveis, e em maior quantidade. Nesta técnica seu tomateiro também ficará sempre baixinho, e você não precisará utilizar-se de amarras e outras gambiarras que são necessárias no plantio tradicional.